14 mar Rotina para o sucesso: como montar um plano de estudos

Falta de concentração, foco e excesso de compromissos são os grandes inimigos dos que querem ter o nome na lista dos aprovados. O plano de estudos entra como grande aliado na rotina de preparação para as provas.

 

Seja para quem está começando a pensar na carreira pública, ou para aqueles que precisam conciliar trabalho com estudos, e até mesmo para os mais experientes no assunto, uma das grandes dificuldades dos que sonham com uma vaga no setor público é a organização do tempo e a elaboração de um cronograma de estudos para os concursos.

 

Estruturando as ideias

 

Para os iniciantes e para os que se sentem perdidos em meio a tantas opções é imprescindível que estabeleçam foco e metas. O desejo e ansiedade de um bom resultado, sem planejamento, pode levar a atitudes negativas como a compra de materiais caríssimos e equivocados, a sensação de estagnação, insegurança e a dúvida de se estão no caminho certo. Traçando planos e objetivos, você já vai se sentir mais seguro para pensar qual metodologia  deseja adotar e se concentrar apenas no que é adequado, afinal, cada prova exige um estilo, cada área exige uma especificidade e tipo de preparação.

 

Organizando um cronograma de estudos

 

Um cronograma é uma ferramenta de gestão de atividades, melhor visualizado em formato de tabela, relacionando ações e tempo, ou seja, na prática  é preciso listar todas as suas tarefas, atividades, compromissos e organizá-los para que consiga fazer tudo que precisa dentro do tempo necessário.

Não existe nenhum mistério na elaboração do seu cronograma, você pode construir por meio de uma tabela em algum software que esteja habituado, ou para os mais criativos usar o lápis e canetas de múltiplas cores, o que pode ser mais divertido.

Primeiro preencha os espaços com as atividades principais, se você trabalha considere as horas de serviço, além das horas que leva para deslocar de casa até o local, pois só assim conseguirá visualizar de maneira real o tempo que tem. O mesmo procedimento serve para os que estudam ou tem outras atividades de grande duração. Depois disso, marque as atividades secundárias como academia, cursos, atividades domésticas e qualquer outra que tenha um tempo médio de duração. Por último lembre de todo o restante, como banho, refeições e qualquer outra tarefa simples que demanda uma fatia do seu tempo. Também não se esqueça das horas de sono, que é fundamental para a memorização daquilo que foi aprendido no dia. Neste momento provavelmente você vai perceber que faz muito mais do que imaginava ao longo da semana, e também vai se perguntar porque nunca parou para organizar a agenda. Antes tarde do que nunca, afinal sempre há tempo de colocar as coisas no seus devidos lugares.

Agora que já preencheu com aquilo que tem na sua rotina, comece a completar os espaços em brancos do cronograma com as matérias e atividades relativas ao concurso, divida de maneira equilibrada de modo que fortaleça o aprendizado nas áreas de maior dificuldade, e se torne ainda melhor nos conteúdos de maior interesse. Lembre-se também que o concurso é sua prioridade, então foque este cronograma para os estudos, realização de simulados e atividades que colaborem para o seu sucesso.

 

Os efeitos positivos

 

A elaboração de um cronograma simples de estudos vai te ajudar a visualizar melhor as tarefas que tem para realizar, de maneira mais eficiente, consequentemente aumentando o rendimento dos estudos. Com este plano você se sentirá mais motivado, mais disciplinado e mais concentrado para cumprir as tarefas dentro dos prazos estabelecidos, sem estar sempre com aquela sensação de que está perdendo tempo ou que deveria fazer outra coisa. O cronograma é um grande aliado para alcançar o sucesso, juntamente, é claro, dos materiais de apoio certo, da dedicação e foco.

 

TENHA UM ESTUDO PRODUTIVO E SEJA APROVADO

No Comments

Post a Comment